skip to Main Content

Como cuidar da saúde bucal em crianças com TEA e SXF

A higiene bucal precisa fazer parte da rotina de uma criança autista e com Síndrome do X Frágil. A dor no dente, causada por cárie ou qualquer outro problema dental, faz com que a pessoa se desorganize. E no paciente com TEA e SXF pode ficar autoagressiva ou agressiva, levando a um descontrole e aumento no uso de medicações.

Pessoas com TEA e com SXF tem dificuldade para fazer a higiene bucal, e seus cuidadores normalmente apresentam dificuldades em explicar como fazer, pois precisam de uma orientação profissional.

 Algumas crianças apresentam dificuldades para abrir a boca, dificultando assim, uma higiene bucal satisfatória. Ou ainda, de manter a boca aberta para uma consulta odontológica.

A higiene bucal deve se transformar numa rotina para a criança. Ensinar que sempre deve começar a limpeza de um lado da boca, depois do outro lado. Pode-se usar vídeos ensinando a maneira correta da escovação de dentes, algumas imagens podem ajudar nessa ação, fazendo o treino de como abrir e fechar a boca, podendo utilizar o reforço positivo social. Para essa atividade, indicamos o vídeo: https://youtu.be/_59bql2FE6c

Sempre damos reforço positivo e parabenizamos as crianças quando realizam a escovação correta, abrindo e fechando a boca, e repetimos a ação para que a criança tenha empolgação para realizar novamente os mesmos passos, não apenas na higienização diária, como também numa consulta com o dentista.

Treinar o abrir e fechar a boca é fundamental

Algumas crianças com TEA possuem dificuldade de aprendizado, bem como as com SXF. Por isso, o reforço com imagens é fundamental para a assimilação do conteúdo. A utilização de algo concreto facilita a compreensão da atividade.

Em certas situações, além das imagens, pode-se utilizar bonecos, brinquedos que ajudem a ensinar o abrir e fechar a boca, antes da escovação de dentes. Alguns brinquedos podem auxiliar nesse processo, juntamente com os personagens ou até mesmo com os brinquedos e personagens que as crianças gostem.

A escovação pode ser treinada com os bonecos ou brinquedos que fazem parte da rotina da criança. Treinando inúmeras vezes, pois será necessário para a aquisição dessa habilidade para a rotina da criança.

Vale ressaltar que é importante colocar imagens de boca aberta, boca fechada, que mostrem os dentes para representar a limpeza e como ela deve ser realizada.

Como ensinar a escovar os dentes

Os pais e responsáveis devem precocemente iniciar a manipulação oral do seu filho para o processo de dessensibilização. As crianças com TEA e ou com SXF apresentam algumas alterações sensoriais que dificultam a higiene bucal. Quanto mais cedo essa rotina for inserida na vida da criança, melhor será a adaptação no futuro, e principalmente em consultas odontológicas. Mesmo assim, nunca é tarde para iniciar essa atividade

É de extrema importância a visita periódica ao dentista para que a criança se acostume a não ficar com medo e realizar uma boa escovação de 2 a 3 vezes ao dia. Caso a família não consiga inserir essa rotina na criança, é importante que o profissional da área ajude.

O uso de material adaptado pode ajudar no processo de escovação da criança. Propõe-se uma sequência de imagens para a criança olhar e acompanhar e copiar a ação. Caso seja possível, pode-se criar essa cena com fotos da própria criança e colar na parede do banheiro, próximo a pia e ao espelho.

pastedGraphic.png

Normalmente a criança com TEA e com SXF adquire coordenação motora fina para realizar a higiene bucal correta. Com o passar do tempo, vamos diminuindo até que se conquiste sua independência. 

pastedGraphic_1.png

  • Blog
Back To Top
Search
× Possui alguma dúvida?