Skip to content

Jovens autistas visitam exposição no MON

Visitar uma exposição em um museu é uma experiência única. No entanto, os centros culturais brasileiros não estão adaptados para portadores de necessidades especiais. Um passeio que poderia ter sido maravilhoso, pode se transformar em um transtorno, pelo espaço não possuir uma estrutura adequada.
Pensando nisso, na última semana jovens autistas participaram do Projeto Eu Participo! idealizado pelo Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba. Durante toda a tarde, puderam contemplar as obras, conhecer um pouco mais a respeito do Museu, com o respeito e inclusão que merecem. Como os autistas possuem dificuldade com o imprevisível, toda a visita foi previamente explicada, o som diminuído, para que cada jovem fosse se adaptando a visita.
Como os estímulos sensoriais provocados pelo público ou pelas cores, sons e texturas presentes nas exposições podem dificultar os momentos de lazer dessas pessoas, o MON, para minimizar situações de crise, que às vezes acontecem durante a visita, criou a Sala de Acomodação Sensorial, um espaço dedicado a receber pessoas autistas e seus familiares.
Para Sabrina Muggiati, idealizadora do Programa Eu Digo X e mãe de um adolescente com Síndrome do X Frágil e Autismo a visita realizada no MON foi uma experiência única e maravilhosa. “Ver o meu filho contemplando as obras dos Gêmeos, com o respeito e atenção que merece e acolhimento é uma conquista”, ressalta.

  • Blog
Back To Top
Search