Skip to content

Surtos

É comum que uma criança ou adolescente com SXF ou autismo apresente explosões porque se sente sobrecarregado e não consegue expressar como está se sentindo. Tente descobrir o motivo que desencadeia estes surtos para que possam ser prevenidos. Você pode anotar, por exemplo, os horários em que ocorrem e as situações anteriores à explosão para tentar estabelecer um padrão.
Realizando o diagnóstico precoce de uma criança que apresente sinais de autismo ou da Síndrome do X Frágil, é possível ter um acompanhamento e reduzir o comportamento agressivo e as crises. Para isso é necessário um trabalho contínuo junto a diversos profissionais.

Lidar com situações adversas com certeza faz parte do cotidiano dos cuidadores, sejam os pais, responsáveis ou profissionais que trabalham com a criança. O importante é estar atento ao comportamento e como administrar o momento de tensão.

Não é incomum que pessoas autistas ou com SXF apresentem comportamentos agressivos. Apesar de não acontecer em todos os casos, os cuidadores devem estar preparados para momentos de crises e birras. Em primeiro lugar, é importante identificar os gatilhos das reações negativas. Um exemplo é quando essa criança ou jovem não está conseguindo lidar com uma situação estressante, por não saber gerenciar a frustração ou como reagir a ela, sem conseguir assim, controlar os impulsos verbais e motores. Há casos em que a criança apresenta um comportamento agressivo contra si mesmo, como bater a cabeça, morder os braços e outras partes do corpo.

Para o tratamento dos casos de agressividade é preciso um intenso trabalho profissional a fim de ensinar a criança a controlar os impulsos. Para isso deve acontecer uma constante interação entre os pais, responsáveis e profissionais que fazem o acompanhamento da pessoa, para que saibam lidar com a situação, seja em casa, no colégio ou em lugares públicos.

Um exemplo do que se pode fazer em casa para prevenir situações de incômodo é arredondar as pontas das mesas para que durante o surto a pessoa não se machuque. Manter sempre o ambiente organizado e sem excesso de informação visual, também ajuda em muito e contribui para o foco na realização das atividades.

  • Blog
Back To Top
Search